Regulamento Educa Mais Brasil

O Regulamento Educa Mais Brasil é um documento destinado às pessoas que desejam concorrer a uma bolsa de estudo do programa. Nele, constam informações sobre as regras, forma de acesso para realizar a inscrição até a contratação do auxílio estudantil.

O Educa Mais é um programa de inciativa privada que oferta descontos parciais (até 70%) para as modalidades de ensino Graduação, Pós-Graduação, Educação Básica, Cursos Técnicos, Idiomas, Preparatório para Concursos, Cursos Profissionalizantes, EJA – Educação para Jovens e Adultos e Pré-Vestibular/Enem.

As oportunidades são disponibilizadas para qualquer pessoa que queira ter acesso à educação de qualidade, mas não tenha condições de arcar com os valores integrais das mensalidades da instituição de escolha. Em mais de 15 anos de existência, a plataforma já beneficiou milhares de brasileiros e, a cada semestre, aumenta e diversifica a quantidade de vagas por meio de novas parcerias.

regulamento do educa mais brasil educação básica.
Programa oferece bolsas de estudo para diversas modalidades de ensino, incluindo educação básica.

Se você quer ser um bolsista utilizando o benefício concedido pelo programa, é importante conhecer o regulamento do Educa Mais Brasil. Por isso, preparamos neste artigo um material destrinchando as diretrizes apresentadas nesse documento norteador para quem almeja ser contemplado com uma bolsa Educa. Continue lendo e confira!

Regulamento do Educa Mais Brasil: I – DO PROGRAMA

O regulamento do Educa Mais é divido em nove partes. A primeira delas é referente a estrutura do programa. O Art. 1.º explica que o Educa é um programa de inclusão educacional, bem como especifica os seus objetivos que, entre eles, está o fomento em minimizar as desigualdades sociais mediante a concessão de bolsas de estudo.

Colaborar com o desenvolvimento socioeconômico nos municípios em que atua, além de estimular o credenciamento de Instituições de Ensino e contribuir para a melhoria da qualidade de vida da comunidade, por intermédio do benefício estudantil, também estão inclusos.

Ainda nesse tópico é possível encontrar itens que ressaltam a parceria com as escolas, faculdades e demais instituições das categorias de ensino que abrangem as modalidades ofertadas pelo programa. Para se tornar parceira do Educa Mais e receber o encaminhamento dos candidatos, as instituições devem assinar um Contrato de Prestação de Serviço para Identificação.

Nos parágrafos seguintes encontram-se alguns dos pontos de extremo interesse dos candidatos: as de que o direto a bolsa será renovado automaticamente, desde que o aluno cumpra com as obrigações do Regimento da Instituição de Ensino, do Regulamento do Educa Mais Brasil e do Contrato de Bolsa de Estudo, como também, efetuar as renovações periódicas (veja sobre isto mais abaixo).

As vagas disponibilizadas pelas instituições em parceria com o Educa devem ser acessadas pelo site www.educamaisbrasil.com.br e o número de bolsas podem variar já que as atualizações acontecem periodicamente em virtude do credenciamento de novas instituições.

Regulamento do Educa Mais Brasil: II – DA INSCRIÇÃO

Como especificado anteriormente, o candidato interessado deve consultar o site oficial do programa e se inscrever de forma gratuita. Vale ressaltar que, caso o candidato seja menor de 18 anos, a inscrição deverá ser realizada por um responsável maior de idade.

No ato da inscrição, o candidato ou responsável deverá escolher, entre outras informações:

  • A instituição de ensino de sua escolha;
  • Indicar o curso ou série que deseja ser contemplado;
  • Cadastrar uma senha para ter acesso ao Portal do Aluno Educa Mais Brasil;
  • Preencher os dados pessoais e de contrato;
  • Preencher os dados dos critérios socioeconômicos.

A inscrição no Educa Mais Brasil será finalizada quando o candidato ou responsável ler e aceitar os termos do Regulamento e do Contrato de Bolsa de Estudo.

Regulamento do Educa Mais Brasil: III – DA SELEÇÃO

Neste tópico o foco é explicar ao candidato sobre como se dá a seleção para ocupação das vagas com bolsa. As mesmas serão disponibilizadas pelas instituições conveniadas e, somente estão aptos a participar da seleção aqueles que não estão matriculados ou que nunca estiveram matriculados na instituição para qual está pleiteando a bolsa.

Casos específicos com os dos cursos de graduação, além dos requisitos citados acima, o candidato também deverá ter concluído o ensino médio e estar há pelo menos 6 meses sem vínculo educacional com qualquer instituição de ensino, independentemente da mesma possuir, ou não, parceria com o Educa Mais Brasil.

Já aqueles que pretendem cursar uma pós-graduação com bolsa de estudo, deverá ter concluído a graduação. Os dados serão analisados pelo Educa Mais para liberação do benefício assim que ele estiver disponível.

Se o programa ou a instituição observar que o candidato prestou alguma informação que está em desconformidade com o regulamento, a instituição irá cancelar a bolsa e poderá exigir o pagamento de todos os benefícios concedidos até a data da verificação da irregularidade.

Regulamento do Educa Mais Brasil: IV – DA APROVAÇÃO

No caso da modalidade graduação, o candidato deverá prestar o processo seletivo para a instituição escolhida. Esse processo será dado de acordo com indicação da universidade que pode consistir em vestibular, análise documental, prova específica, entrevista ou outro meio.

A instituição de ensino poderá solicitar a comprovação dos dados socioeconômicos prestados no momento da inscrição. É importante salientar que para ter direto à bolsa, o candidato deverá ser aprovado no processo seletivo da faculdade.

A bolsa de estudo é pessoal e intransferível e a sua validade de contratação está restrita ao período estabelecido pelo Educa Mais.

Regulamento do Educa Mais Brasil: V – DA CONTRATAÇÃO DA BOLSA DE ESTUDO

Depois da conquista da bolsa de estudo e aprovação na seletiva da instituição, o candidato deverá efetivar a matrícula diretamente com a faculdade, respeitando o período estabelecido pela mesma. Nesse momento, além dos documentos pessoais, é preciso levar a Carta de Aprovação fornecida pelo Educa e comprovante de pagamento da Pré-Matrícula.

Regulamento do Educa Mais: VI – DA RENOVAÇÃO DA BOLSA DE ESTUDO

A bolsa de estudo do Educa Mais Brasil é válida até o final do curso, desde que, conforme consta nesse item do regulamento, o candidato atualize semestralmente, com a Taxa de Renovação Educa Mais Brasil, até a conclusão do curso ou etapa de formação. O não pagamento será considerado como renúncia do benefício, ficando o estudante ou responsável na obrigação de fazer o pagamento integral à instituição.

Regulamento do Educa Mais: VII – DAS OBRIGAÇÕES DAS PARTES

Esse tópico aborda das obrigações que devem ser seguidas pelas partes envolvidas, sendo elas a Instituição de Ensino, o Educa Mais Brasil e o Estudante.

Entre os deveres da instituição estão: oferecer os mesmos padrões de qualidade que os prestados aos demais alunos; garantir a manutenção da bolsa, estando o aluno em conformidade com o regulamento e suspender o benefício do bolsista que esteja inadimplente com o Educa Mais.

Entre os deveres do Educa Mais Brasil estão: divulgar e manter aberta a inscrição aos candidatos para concorrer às bolsas; realizar a seleção dos candidatos; disponibilizar o contrato de bolsa de estudo no momento da inscrição; suspender o benefício dos alunos que estejam inadimplentes com a instituição.

Entre os deveres do bolsista ou responsável estão: realizar e ser aprovado no processo seletivo da instituição; manter boa conduta disciplinar e manter os dados cadastrados sempre atualizados.

estudante bolsista do educa mais brasil.
Regulamento do Educa Mais Brasil deve ser lido por todos que contratam o benefício.

VIII – DOS PAGAMENTOS AO EDUCA MAIS

O aluno ou responsável deve pagar o título de pré-matrícula ao Educa Mais Brasil assim que a bolsa de estudo for liberada. Já a cada 6 meses é necessário pagar a Taxa Administrativa/Taxa de Renovação, como uma das condições de manutenção da bolsa. Os pagamentos devem ser feitos exclusivamente na rede bancária credenciada ou através de cartão de crédito.

IX – DAS DISPOSIÇÕES GERAIS

Caso o estudante não consiga iniciar os estudos por conta de indisponibilidade de vaga para o período que aderiu a bolsa, o programa irá realizar a devolução do valor da pré-matrícula pago.

Se houver desistência do benefício para qual aderiu ou renovou, até 7 dias após pagamento da pré-matrícula ou taxa administrativa/renovação, e não efetivando a matrícula/rematrícula na instituição de ensino, o Educa se compromete em restituir 100% do valor pago.

A solicitação de reembolso deve ser feita diretamente no Portal do Aluno e o estudante ou responsável será reembolsado através do mesmo meio de pagamento utilizado.

Se a instituição reduzir o valor da mensalidade do curso, o percentual da bolsa será reduzido na mesma proporção da redução da mensalidade.

A bolsa de estudo ofertada pelo Educa Mais não é cumulativa com nenhum outro benefício.

Onde encontrar o regulamento integralmente?

Trouxemos aqui algumas partes, que acreditamos ser de maior importância, sobre o regulamento que rege as bolsas do Educa Mais. Porém, isso não isentar que, ao realizar a inscrição no site, você leia atentamente o documento antes de fazer o pagamento e começar usufruir do benefício.

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *